fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

33ª Semana de Gravidez

Rolhão Mucoso, dilatação, placenta, rebentar das águas: Vamos falar de tudo isto nesta semana 33! O teu bebé abre e fecha os olhos e agora, devido ao teu bom trabalho, já tem os seus próprios anti-corpos e sistema imunitário.

Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

O meu bebé

  • Idade de gestação 33 semanas

  • Idade Fetal 31 semanas

  • Comprimento do embrião 43 cm (medida da cabeça
    até ao fundo das costas)

  • Gestação 231 dias

  • Peso do embrião 2000g (aproximadamente)

  • Tamanho Meloa

A tua barriga deve estar enorme (e linda!), o ponteiro ou os números da balança devem mudar um bocadinho todos os dias e tu sabes para onde está a ir esse peso todo, não sabes? Para a mini-pessoa que estás a gerar dentro de ti. O tua meloa continua a acumular toda a gordurinha que consegue, para sair cá para fora bem fofa (ou fofo)!

À trigésima-terceira semana de gestação, o teu bebé já fecha os olhos quando está a dormir e abre-os quando está acordado. Não é incrível? E mais! Depois de tantos meses a acumular os bons nutrientes que lhe foste passando, já tem os seus próprios anticorpos e está a desenvolver o seu próprio sistema imunitário!

Saúde e nutrição

Tens andado com mais apetite, não tens? Pudera! É bom que tenhas comido muito peixinho até aqui e vamos relembrar-te da importância de alguns amigos do mar para o aporte de Ómega-3. Estes óleos são muito importantes para prevenir o parto prematuro e a depressão pós-parto.

Inclui pelo menos em dois almoços desta semana: salmão (escolhe o de pesca selvagem), tilápia ou peixe-vermelho. O atum e o peixe-espada, deixa para último recurso, porque podem ter mais toxinas. Se não achares grande piada a peixe, podes sempre procurar aqueles ovos enriquecidos com Ómega-3!

O meu corpo

Nas últimas semanas, temos-te informado acerca dos sintomas do início de trabalho de parto e aquilo que vais sentir durante o parto, mas e depois de o teu bebé nascer? O teu corpo não vai voltar logo ao “normal”, mas durante os tempos após o parto podes esperar que mudanças constantes aconteçam:

O grande dia está cada vez mais próximo! O parto pode ser muito diferente de mulher para mulher, por isso, é bom que saibas quais são os principais sinais de que a hora se está a aproximar.

Um dos primeiros sinais é o virar do bebé. Idealmente, o bebé deverá estar virado de cabeça para baixo, para descer facilmente do útero cá para fora. Depois de virado, o teu filhote vai encaixar a cabeça nos teus ossos pélvicos e fica pronto para nascer. Por esta altura, começarás a sentir os pontapés na zona superior da tua barriguinha.

Depois, vêm as contracções. E não são iguais às de Braxton-Hicks. As do parto doem, são mais regulares e muito mais intensas. Isto acontece para que o colo do útero se posicione no centro da tua vagina, abrindo caminho para o teu bebé sair.

Outro sinal do início do trabalho de parto, é o rebentar das águas”. As bolsas de águas, ou membranas amnióticas podem confundir-se com perdas de urina; a diferença entre a urina e este líquido é que a urina tem cor e cheiro e o líquido amniótico não. Além disso, a libertação deste líquido tanto pode dar-se de uma forma abrupta como ser aos poucos. À mínima desconfiança, segue para o hospital.

Mais um sinal: a expulsão do rolhão mucoso. Este muco, que apresenta uma cor mais escura e uma textura mais gelatinosa, pode sair alguns dias antes do parto ou algumas horas e até podes nem dar por ele, por isso, se não sentires um dos outros sinais, não precisas de correr para o hospital.

O parto divide-se em três fases:

Dilatação: esta primeira fase pode durar entre 12h e 48h numa primeira gravidez. Deves manter-te calma, cronometrar as contracções, alimentar-te e beber muita água. Dirige-te apenas à maternidade quando tiveres 3 contracções a a cada 10/15 minutos.

Expulsão do bebé: com 10cm de dilatação, o teu bebé estará pronto para nascer! O profissional que te acompanhar vai ajudar-te a encontrar a posição mais confortável para que a saída seja rápida. Relembramos-te que o parto pode ser muito diferente de mulher para mulher. Num parto normal, esta fase dura cerca de 1 hora.

Expulsão da placenta: a terceira e última fase do trabalho de parto. Normalmente, nos 30 minutos após o nascimento do teu bebé, o teu corpo expulsa a placenta, através da contracção do útero. Se não acontecer naturalmente, será removida pelo profissional de saúde. Caso o teu períneo tenha sido cortado (episiotomia) ou rasgado pela pressão da saída do bebé, será suturado após a expulsão da placenta.

O meu dia-a-dia

A balança diz, a barriga comprova e a tua noção espacial parece andar confusa. É perfeitamente normal que te sintas algo “desajeitada” daqui em diante. Não te esqueças que estás maiorzinha!

Por falar em não esquecer, sim, o “cérebro de grávida” existe. Tens tanto a acontecer no teu corpo e na tua vida, que podes dar por ti a esquecer-te de coisas simples, como reuniões ou tarefas básicas. Dica: alarmes no telemóvel. Mesmo que seja só para não te esqueceres de beber muita água!

Tens tido aquela sensação de não saber se o tempo está a passar demasiado rápido ou demasiado devagar? É, o terceiro semestre de gravidez pode trazer essa confusão. Esperamos que ainda assim tenhas tempo para incluir na tua agenda um espaço para o exercício. Em que estação do ano estás? Agora que é preciso reduzir o impacto da actividade física, um passeio à beira-mar pode ser uma excelente ideia! A água do mar a bater-te nos pés pode até ser uma óptima forma de aumentar a circulação sanguínea. Se estiver frio, a hidroginástica é uma opção bem interessante!

Apostamos que o tempo passa mais devagar quando a amiga insónia resolve vir a meio da noite com os seus problemas. Para a mandares embora e tentares dormir, experimenta tomar um duche quente ou beber um copo de leite morno. Outra opção: há quanto tempo não recebes uma boa massagem? Não podes ter o trabalho todo. Põe o outro par de mãos aí de casa a trabalhar. Ou então… Pensa positivo (e desculpa a piada)! Encara isto como um estágio para as noitadas de choro que aí vêm.

33 SEMANA: E O BABY SHOWER?

É possível que os amigos, a família, o pessoal da empresa, ou todos juntos, estejam a tratar do teu baby shower.

Ainda assim, há mamãs que não gostam de surpresas e preferem tratar do assunto por si, escolher um tema, fazer algo a seu gosto. E há quem simplesmente não queira fazer nada (porque, na verdade, tem feito muito há trinta e três semanas). Qual delas és tu? Se fores a segunda, é melhor não adiar muito mais!
Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

Partilhar