fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

32ª Semana de Gravidez

Prepara a tua mala de maternidade! Às 32 semanas de gravidez falamos-te novamente das contrações de Braxton-Hicks, do sangue umbilical (já decidiste o que fazer com ele?) e de exercícios de respiração. A tua curgete já tem os 5 sentidos completamente desenvolvidos, sabias?

Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

O meu bebé

  • Idade de gestação 32 semanas

  • Idade Fetal 30 semanas

  • Comprimento do embrião 42 cm (medida da cabeça
    até ao fundo das costas)

  • Gestação 224 dias

  • Peso do embrião 1700g (aproximadamente)

  • Tamanho Curgete

Na semana 32 da gravidez, a tua curgetezinha começa a fazer ainda mais coisas como as fará quando estiver fora da tua barriguinha: já sente sabores mais acentuados e consegue distinguir o doce do ácido, já inspira e expira e dorme em ciclos regulares, com os olhos fechados. A cerca de 8 semanas de estar nos teus braços, o teu bebé está cada vez mais forte e preparado para o mundo. Os seus cinco sentidos já funcionam a 100%, por isso vão falando e cantando para o pequeno ou pequena, vai-lhe dando algumas massagens e continua a pôr aquela canção de que te falámos, que mais tarde ele/ela irá reconhecer e que o/a fará sentir mais calmo em momentos de mais stress.

Todos os seus órgãos – excepto os pulmões – também estão 100% desenvolvidos e a sua pele já é completamente opaca. E, claro, está cada vez maior, tão grande que os seus movimentos começam a ficar mais restritos, já que o espaço que tem dentro do teu útero é cada vez mais pequeno.

Saúde e nutrição

Como o teu pequenito já consegue sentir sabores, controla-te nos temperos mais fortes. Mas continua a apostar em alimentos variados e repletos de nutrientes e vitaminas e em refeições saudáveis: há estudos que provam que aquilo que comes durante a gravidez ajuda a moldar os futuros hábitos alimentares da tua pequena curgete. E assim diminuis a probabilidade de que o bebé seja muito esquisito com aquilo que come. Quanto mais fácil for alimentá-lo, melhor!

O meu corpo

Lembras-te das contrações Braxton Hicks? Sim, é isso que tens sentido, com cada vez mais regularidade e intensidade.

O teu corpo está a preparar-se para o grande dia e parte disso são estas contracções, que geralmente duram 15 a 30 segundos. Quando as começares a sentir, muda de posição e deverão aliviar. Se em vez de aliviarem, se tornarem mais fortes e regulares, estás a sentir contrações reais e é altura de ligares ao teu médico ou médica.

“Respira!”: no dia do teu parto vais ouvir essa palavrinha vezes sem conta e, apesar de momento parecer que só te estão a tentar irritar, a verdade é que manter ciclos de respiração lentos e ritmados vai ser uma maneira muito eficaz de estares mais relaxar quando o grande dia chegar. E a altura de começar a praticar estes ciclos de respiração é agora. Nas aulas a que tens ido eventualmente irão falar sobre exercícios de respiração. Não te esqueças de fazer o tpc e praticar!

O meu dia-a-dia

O momento em que o vês e agarras pela primeira vez é algo nunca trocarias por nada. Se já tens outros filhos, sabes isso. Se é a tua primeira gravidez, só terás realmente noção quando acontecer. Mas antes desta inesquecível ocasião chegar, há uma série de decisões relativas ao bebé que estão nas tuas mãos e nas do papá ou mamã.

Se vais ter um bebé, também terás de tomar uma decisão relativamente à circuncisão, apesar de ser um procedimento já bastante raro. A menos que tenhas alguma razão religiosa ou cultural, a tua médica ou médico irá, muito provavelmente, sugerir que não se faça a circuncisão. 

Outra decisão a tomar é o nome. Como vai essa lista, já mais pequenina que há umas semanas atrás? Como é óbvio, mais tarde ou mais cedo vão ter de escolher um nome mas se chegar a um consenso está a ser mais difícil do que estavam a planear – e porque dar nome a um ser humano é uma grande responsabilidade – não stressem demasiado! Há quem diga que no momento em que vês o teu bebé pela primeira vez, percebes qual o nome certo para ele ou ela. Mas se isto não acontecer logo, também ninguém se ofende se passarem os primeiros dias a chamá-lo/la de “bebé” ou uma alcunha fofinha qualquer. 😉

E, claro, as decisões que temos vindo a mencionar ao longos das últimas 31 semanas: com que o bebé vai ficar, quem vai ser o seu pediatra, o que vais fazer com o sangue umbilical.

COMEÇA A PREPARAR A MALA DE MATERNIDADE

Alguns essenciais para a mala de maternidade são: o plano de parto, roupa de noite e para o dia em que fores para casa, soutiens próprios para amamentação, discos de amamentação, alguns snacks (principalmente se és vegetariana ou vegan, bem sabemos que por vezes nem as máquinas automáticas vos safam), produtos de higiene básicos, . e leva também algumas coisas para te entreteres: um livro, revistas, sudoku, aquilo que preferires.
Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

Partilhar