fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

23ª Semana de Gravidez

Falta de ar na gravidez é um tema nesta semana 23, pode estar ligada à ansiedade. Outro sintoma é a prisão de ventre. Depois falamos do líquido amniótico que a tua papaia já está a produzir e do seu pequeno coração – já consegues ouvir os batimentos!

Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

O meu bebé

  • Idade de gestação 23 semanas

  • Idade Fetal 21 semanas

  • Comprimento do embrião 28 cm (medida da cabeça
    até ao fundo das costas)

  • Gestação 161 dias

  • Peso do embrião 500g (aproximadamente)

  • Tamanho Papaia

Meio-quilo de gente! À vigésima-terceira semana de gestação, tens uma papaia que está cada vez mais independente. Por esta altura, os rins do teu bebé começam a produzir líquido amniótico e a tua placenta deixa de ser a única que trata desse assunto. É uma espécie de adolescência fetal!

Se tiveres um estetoscópio aí por casa, experimenta tentar ouvir os batimentos cardíacos do teu bebé. Com este tamanho, talvez já consigas ouvir o seu coraçãozinho. E tem cuidado com o que dizes. O aparelho auditivo dele está cada vez mais apurado e ele consegue ouvir-te perfeitamente!

Saúde e nutrição

Essa barriguinha grande tem andado “presa”? Por esta altura, a prisão de ventre deve ser o sintoma mais chato que tens. Não te esqueças dos alimentos ricos em fibra nas marmitas desta semana e bebe muita água!

A gravidez é uma experiência para a vida, que espoleta um turbilhão de emoções e nos deixa as hormonas “aos saltos”. Dada a sua complexidade, a mente humana consegue ser bastante traiçoeira e a gravidez é uma razão legítima para ela nos atrapalhar. Falamos da ansiedade que podes sentir nesta fase da gravidez e daqui em diante.

Se como seres humanos, às vezes pensamos demais, uma futura mãe pode facilmente deixar-se levar por pensamentos tontos. Desde o medo exagerado do futuro às preocupações com o resto da gravidez e a vida do teu filhote, é importante que saibas controlar os teus pensamentos negativos, para prevenir episódios de ansiedade.

Os pensamentos negativos e a preocupação excessiva são precisamente os dois primeiros sintomas de ansiedade. A partir daqui, tudo pior. Do descontrolo emocional às alterações no ritmo cardíaco, passando pela falta de ar, pode ser uma questão de segundos. Por isso, é importante que tenhas estratégias para prevenir que isto aconteça, para protegeres a tua saúde e a do bebé. Como?

  • Exercício físico: os seus benefícios são inegáveis. Seja uma simples caminhada ou umas braçadas na piscina, vais sentir-te sempre mais relaxada. O yoga e o pilates também são duas boas opções, até para poderes controlar melhor a tua respiração.
  • Descanso: até mesmo para as pessoas que não têm outras pessoas na sua barriguinha, a privação de descanso pode ser catastrófica. As boas noites de sono são obrigatórias!
  • Alimentação: a boa alimentação é fundamental para ter um corpo e uma mente sã. Tu tens dois de cada um para cuidar! Existem ainda alimentos com efeito calmante, que deves incluir na tua dieta, tais como: ovos, alface, maçãs e mel.
  • Conversar: ou muito nos enganamos ou este bebé não é só teu, certo? Partilha as tuas preocupações com o teu/tua parceiro(a). Conversa também com as tuas amigas e com outras mães. Ouvir outros pontos de vista ou experiências, ajuda-nos a encarar os nossos “monstrinhos” com outra postura.
  • Consulta um especialista: em último caso, não tenhas medo/vergonha/outro sentimento qualquer de consultar um especialista e conversar sobre o que estás a sentir e a viver. Já te dissemos isto antes: às vezes, desabafar com alguém que está completamente fora do nosso contexto, é a melhor coisa que nos pode acontecer.

Inspira, expira… E podes ler a próxima parte!

O meu corpo

Lembramos-te que, apesar de o corrimento vaginal ser normal na gravidez (e quase em toda a vida da mulher), se o teu tiver cheiro ou uma cor à qual não estejas habituada, consulta imediatamente um médico. As infecções estão proibidas nesta fase da gravidez.

As tuas maminhas poderão começar a segregar um líquido transparente ou amarelado, com alguma espessura. Esse líquido é o colostroo primeiro leite que irás produzir como mamã e que será super importante para o teu bebé quando nascer.

Temos falado das hormonas como as más da fita da tua gravidez. Já te disseram que estás com uma pele lindíssima? Ou tu própria já constataste isso ao espelho? Desta vez, agradece às hormonas. Essa tez brilhante de mamã, é tudo trabalho delas!

O meu dia-a-dia

De barriga gigante e a crescer, as tuas pernas e os teus tornozelos devem estar a ficar cada vez mais cansados, certo? Sempre que puderes, ao final do dia dá uma caminhada, mesmo que curta, para aliviar o inchaço e manter a circulação sanguínea bem activa.

Está na hora de conversar com o departamento de recursos humanos do sítio onde trabalhas, para agilizar a tua licença de maternidade e todas as burocracias necessárias. O mesmo se aplica à tua “parelha de trabalho”, porque esta papaia é obra dos dois!
Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

Partilhar