fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

Vanda Santos Ferreira
Escrito por:

Vanda Santos Ferreira Enfermeira, Especialista em Saúde Infantil | Colaboradora do Banco do Bebé

Dicas para conservar o leite materno

Quantas vezes me perguntam se é possível conservar o leite materno e tantas vezes respondo que para a natureza nada é impossível!

O leite materno sendo um alimento vivo, dinâmico consoante as necessidades de crescimento e desenvolvimento do bebé, adapta-se a todas as circunstâncias de vida quer da mãe quer do bebé.

Por isso quando a mãe precisa de ir trabalhar ou estar longe do seu bebé por algum tempo, é fundamental poder oferecer o leite materno com todas as propriedades e de forma segura.

Qual a melhor forma para conservar o leite materno?

O leite materno pode ser refrigerado ou congelado, quando não é para consumo imediato, podendo desta forma manter as propriedades únicas que lhe são conferidas.

A forma de conservação do leite materno deve ser pensada, dependendo de quando o pretende utilizar, podendo ser conservado à temperatura ambiente, no frigorífico ou no congelador.

Para melhor conservar o leite materno, logo que o extrair deve congelar se não for para utilizar nas próximas 24h, quando necessitar do leite materno num prazo de 24h após a extração deve conservar apenas no frigorífico.

A Direção Geral de Saúde, na página da Saúde Reprodutiva indica a conservação
segura do leite materno e tempo de conservação como se pode ver na tabela a baixo:

Que recipientes utilizar para colocar o leite materno extraído?

No mercado já existem inúmeras opções, sacos de congelação e frascos de congelação adequados ao leite materno tendo em conta a esterilização dos recipientes e segurança fabricados em materiais isentos de BPA.

Estes são alguns exemplos destes produtos, que ao escolher a mãe deve ter em conta o espaço no frio ou congelador e quantidades de leite materno que extrai.

Sendo os sacos de congelação mais apropriados para curtos períodos de conservação (72h) e os frascos de vidro ou plástico com tampa para períodos mais alargados (>3 meses).

Importante salientar que os sacos são de utilização única e os frascos de vidro ou de plástico são reutilizáveis após esterilização.

Quando conservar leite materno deve assegurar alguns cuidados de conservação e utilização:

  • conserve pequenas porções no frio, em diferentes recipientes para
  • arrefecerem todas separadamente, quando não consegue encher um
  • recipiente totalmente;
  • logo que obtenha a quantidade pretendida, congele o leite;
  • pode congelar o leite mesmo que tenha ficado 48h sempre no frigorífico;
  • nunca junte leite acabado de extrair a leite frio ou congelado;
  • não encha os frascos ou os sacos mais de 3/4 da sua capacidade, pois o leite
  • materno expande-se durante o congelamento;
  • identifique os recipientes com a quantidade, data e hora de extração, no
  • frasco ou saco para poder controlar a sua validade;
  • consuma em primeiro lugar o leite materno guardado há mais tempo;
  • descongele o leite materno dentro do frigorífico;
  • depois de descongelado o leite materno deve ser utilizado nas 24h seguintes;
  • não volte a congelar o leite materno que descongelou.

Como aquecer o leite materno?

Para aquecer o seu leite, coloque o frasco ou saco de leite materno num copo ou numa taça com água morna durante alguns minutos até estar à temperatura corporal (37 °C a sua temperatura que o seu bebé conhece quando mama).

Em alternativa, utilize um aquecedor de biberões, não deixando a temperatura subir acima de 40 °C e NUNCA utilize o micro-ondas, pois pode sobreaquecer o leite assim como destruir algumas das propriedades do leite materno que lhe são conferidas como únicas.

Antes de oferecer o leite materno ao seu bebé, depois de o aquecer adequadamente, deve agitar suavemente o frasco para o misturar, pois o leite materno conservado tende a separar-se em camadas, com a gordura (nata amarelada) em cima e por baixo uma aguadilha, que nos pode colocar a dúvida da qualidade do leite. Mas muito se tem estudado sobre as propriedades e características do leite materno e do alimento único que pode dar ao seu bebé.

Desde o primeiro artigo que vos escrevo sobre aleitamento materno que sempre reforcei a sua importância para o bebé, para a mãe mas seja de que forma for, na mama, extraído, oferecido pelo pai ou outra pessoa que cuide do seu bebé o IMPORTANTE É SER O SEU LEITE.

Partilhar