fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

31ª Semana de Gravidez

Nesta semana 31 de gravidez falamos-te sobre parto prematuro, contrações, sangramento e aumento do fluxo vaginal. Os olhinhos do teu molho de espargos bebé já têm côr! E tu, já preparaste a mala de maternidade?

Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

O meu bebé

  • Idade de gestação 31 semanas

  • Idade Fetal 29 Semanas

  • Comprimento do embrião 41 cm (medida da cabeça
    até ao fundo das costas)

  • Gestação 217 dias

  • Peso do embrião 1500g (aproximadamente)

  • Tamanho Molho de espargos

O espaço começa a ser pequeno no T0 que é a tua barriguinha! O dia-a-dia do teu bebé é passado a chuchar muito no dedo, nos habituais treinos de deglutição e respiração, tem uns soluços pelo meio e, claro, feliz na sua alegre casinha, é só dar chutos e pontapés.

Mas a grande novidade desta semana é que os olhinhos dele ou dela já começam a ganhar côr. Agora começa o debate aí em casa para ver de quem herdará os olhos… Mas ainda é cedo demais! Apesar de nascer de olhos coloridos, a côr final dos olhos do amor dos teus, só se define lá para os 6 meses de idade

Saúde e nutrição

Para que tenhas um sono descansado, que é super importante nesta fase da gestação, e não sofras com as “invenções” típicas do estômago à 31ª semana de gravidez, faz refeições mais leves ao jantar. E uma das nossas perguntas favoritas: quanta água já bebeste hoje? Esperamos que muita!

O meu corpo

Com o aproximar da data que mudará a tua vida para sempre, é importante que saibas identificar os sinais de um parto prematuro. É considerado um parto pré-termo se o trabalho de parto se iniciar entre a 22ª e a 37ª semana de gestação.

No decorrer do terceiro trimestre de gravidez, é comum que as mamãs sintam contrações que, não sendo sinais de parto pré-termo, deves saber diferenciar. As Braxton-Hicks, que já te falámos anteriormente, podem dar-te a sensação de que a tua barriguinha está a esticar e podem durar entre 30 segundos a 2 minutos. Contudo, estas contracções não causam dor na lombar ou na zona pélvica nem são muito frequentes.

Mais alarmante é quando as contrações se tornam muito regulares ou te causam dor. Além disto, se sentires um grande aumento do fluxo vaginal ou algum sangramento, deves consultar imediatamente o teu médico.

Outro sintoma típico das mamãs à trigésima-semana de gravidez, é a sensação de quem não conseguem respirar tão bem. Aquele suspiro que nos tira um pouco de peso de cima, já não sai com tanta felicidade? É normal. Dado o tamanho que o teu molho de espargos tem, o teu útero tem de “andar aos empurrões” com os outros órgãos para fazer espaço. Daí as azias e o diminuir da abertura do pulmão.

Mas respira fundo, se conseguires, e não te preocupes com o teu bebé. Na verdade, ele ou ela está “nas suas sete quintas”, visto que continua a respirar através da placenta.

O meu dia-a-dia

Se tens praticado exercício durante a gravidez, começa a ser hora de abrandar, mas não parar. Aposta mais em exercícios de alongamento e relaxamento, não só para te ajudarem daqui a umas semanas no parto, mas também por causa das tuas costas. Se ainda não sentes muitas dores nas costas, espera só mais 3, 2,… É, devem estar mesmo a chegar e os alongamentos podem fazer milagres!

A MALA DA MATERNIDADE

Esta é uma boa altura para começares a preparar a mala da maternidade. Se já escolheste o sítio onde vais trazer o teu bebé ao mundo, pode ser uma boa ideia ligar para lá e perguntar se é preciso alguma coisa de especial. 

Muito importante: as maternidades só te deixam sair depois de um(a) profissional de saúde colocar o bebé numa alcofa, ovo ou cadeirinha e garantir a segurança do transporte.
Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

Partilhar