fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

Carlos Daniel Santos
Escrito por:

Carlos Daniel Santos Mestre em Medicina, Licenciado em Saúde Ambiental e em Radiologia e investigador na área de Saúde da Mulher

Acompanhamento da gravidez

Quais os exames e vacinas que tenho de fazer? Em que altura da gestação?

O acompanhamento da gravidez, realizado através de um programa de vigilância da gestação, ajuda contribuir para um futuro mais saudável da mãe e do seu bebé, prevenindo possíveis complicações que possam surgir ao longo dos nove meses.

Através do programa de vigilância da saúde da mãe, do bebé e da família, que decorre desde a preconceção até ao puerpério, pretende-se realizar vários exames de gravidez e programar intervenções de avaliação médica. Este acompanhamento da gravidez é feito de forma a contribuir para um futuro mais saudável da população, atuando desde o início do ciclo de vida. Este programa tem como objetivos principais:

  • Identificar e orientar precocemente complicações e fatores de risco que possam afetar a evolução da gravidez e o bem-estar do feto;
  • Promover a saúde e a educação para a saúde ao longo da gravidez;
  • Apoiar na preparação para o parto e parentalidade.

O que é a consulta pré-concecional?

Recomenda-se que, quando uma mulher e/ou casal expressam a vontade de engravidar, realizem uma consulta específica no centro de saúde: chama-se consulta pré-concecional – esta deve ser realizada antes de parar a contraceção. Irás ter uma nova consulta depois da consulta pré-concecional, para a equipa médica avaliar os resultados dos exames realizados.

Nesta tabela podes encontrar quais os exames e procedimentos que o médico te irá solicitar, bem como as principais informações e recomendações que poderão ser abordadas:

Qual o esquema de consultas previsto durante acompanhamento da gravidez?

O esquema e periodicidade das consultas durante o acompanhamento da gravidez estão previamente definidos, para a gravidez de baixo risco. No entanto, pode ser alterado e podem ser agendadas novas consultas, tendo em conta a tua história pessoal de saúde, os antecedentes pessoais e os resultados dos exames realizados. Claro que se sentires necessidade de agendar uma consulta extra, poderás sempre fazê-lo.

Caso saibas da gravidez tardiamente, deverás entrar em contacto com os serviços de saúde para realizar os exames/rastreios preconizados para a 1ª consulta de gravidez (até às 12 semanas de gestação). Excetuam-se os exames de gravidez que já não sejam possíveis realizar atendendo à idade gestacional.

Este é o plano recomendado para o acompanhamento da gravidez de baixo risco:

  • Realizar a 1ª consulta, o mais precocemente possível e até às 12 semanas de gravidez (1º trimestre de gravidez);
  • Realizar as consultas de vigilância pré-natal, após a 1ª consulta:
  • a cada 4-6 semanas até às 30 semanas;
  • a cada 2-3 semanas entre as 30 e as 36 semanas;
  • a cada 1-2 semanas após as 36 semanas até ao parto.

Todas as grávidas, entre as 36 e as 40 semanas, devem ter acesso a uma consulta no hospital onde se prevê que venha a ocorrer o parto, programada de acordo com as especificidades estabelecidas em cada Unidade de Saúde.

Como posso saber se estou dentro do peso ideal para a minha gravidez?

Durante o acompanhamento da gravidez, vais notar que o teu peso tem tendência a aumentar. Se notares que estás a perder peso deverás informar o teu médico assistente, mas não te deves alarmar. Poderá ser um processo fisiológico compensatório e momentâneo da gravidez, do qual recuperarás em breve.

Nesta tabela poderás consultar a variação média do peso durante a gravidez:

*Para o 1º trimestre, espera-se um aumento de peso total de 0,5 a 2kg

Fonte: Institute of Medicine of the National Academies – 2009

Quais as análises, exames e vacinas que devo fazer e quando?

Todos as análises, exames e vacinas na gravidez que realizares serão feitos ao longo dos três trimestres da gravidez. Nestas tabelas podes saber em pormenor todas as informações:

Rastreios analíticos

Rastreios ecográficos

Em todas: nº de fetos e placentas, biometria, localização da placenta e quantidade de líquido amniótico

Vacinas

Como interpretar a idade gestacional?

Ao longo do acompanhamento da gravidez existem dois métodos para a definição da idade gestacional, que são calculados de forma diferente consoante a evolução da gravidez:

  • Idade gestacional cronológica: definida a partir da data da última menstruação. Deve ser revista com os dados da ecografia do 1º Trimestre (11-13 semanas e 6 dias);
  • Idade gestacional definitiva (cronológica ou corrigida por ecografia do 1º T): definida pelo comprimento crânio-caudal, na ecografia das 11-13 semanas e seis dias. Quando o cálculo da idade gestacional é feito desta forma, mantém-se inalterável ao longo de toda a gravidez.

Sempre que existam razões para duvidar da idade cronológica ou impossibilidade de a calcular, pode ser realizada uma ecografia para datação da gravidez, após o diagnóstico imunológico ser feito.

Se a gravidez for realizada por Procriação Medicamente Assistidas, a idade gestacional deve ser calculada utilizando a idade do embrião (no dia da transferência) e a data da transferência intrauterina.

Partilhar