fbpx
Vanda Santos Ferreira
Escrito por:

Vanda Santos Ferreira Enfermeira, Especialista em Saúde Infantil | Colaboradora do Banco do Bebé

Preparar a Mala para a Maternidade

Quando se descobre que se está grávida pensamos em tudo ao mesmo tempo, “será menino ou menina?”, “se for menina vai chamar-se …se for menino…”, “tenho de comprar o quarto, a cadeira auto, os biberões, as fraldas, as chuchas, …”, ou seja a gravidez não pode ser vivida de uma forma atabalhoada, consumista pois cada uma é única, e não se deve complicar.

Sim tudo é importante, mas existem algumas coisas fundamentais e os 9 meses vão dar tempo para tudo, se os soubermos viver com serenidade!

A mala que se leva para a maternidade é muitas vezes descurada e feita de uma forma complicada e pouco prática.

Uma sugestão é ir fazendo a partir do segundo trimestre de gravidez, após a ecografia morfológica uma lista que vá ajudando a organizar a mala.

Não deves esquecer-te nunca do Boletim de Saúde da Grávida, todos os exames que fizeste ao longo da gravidez devidamente organizados por datas, documentos de identificação e de subsistema de saúde (caso se aplique).

É por volta dos 7 meses que te deves realmente focar na mala e tudo o que deves levar, tendo em conta o número de dias – 2 ou 3, dependendo o tipo de parto que pode ocorrer: parto normal (eutócico) ou cesariana respetivamente. Estes artigos são os essenciais.

Para a mãe:

  • 3 a 4 camisas de noite ou pijamas de algodão, com abertura grande à frente, de forma a facilitar a amamentação
  • Roupão
  • 2 a 3 soutiens de amamentação
  • Chinelos de banho e de quarto
  • Produtos de higiene
  • Toalha de banho
  • Discos de amamentação descartáveis
  • Conchas protetoras de mamilos
  • Lanolina
  • Cuecas descartáveis
  • Pensos higiénicos XXL ou de incontinência
  • Roupa e calçado confortável para o dia da alta hospitalar.

Para o bebé:

  • 3 a 4 bodies e calças de algodão (interior), sem esquecer de tirar as etiquetas
  • 3 a 4 babygrows de algodão (exterior)  
  • 2 a 3 pares de meias de algodão
  • Produtos de higiene e limpeza (óleo lavante, água lavante ou linimento, creme barreira e compressas não esterilizadas)
  • Fraldas de recém-nascido
  • 2 a 3 chuchas esterilizadas
  • 4 fraldas de algodão
  • 1 toalha de banho
  • 1 gorro de algodão
  • 1 manta
  • 1 tesoura de pontas redondas

Como sugestão podes individualizar em sacos as mudas do bebé para ser mais prático e de fácil acesso quando for altura de o vestir.

A mala deve ser colocada em local visível que, além de ti mesma, o pai ou outro familiar saiba onde está, para levar à maternidade depois do nascimento do tão esperado bebé.

No momento da alta hospitalar é fundamental e obrigatório, se o recém-nascido vai em veículo automóvel, o uso de cadeira auto Grupo 0 ou 0+, que deve ser experimentada a sua colocação correta pela mãe e pelo pai antes desse grande dia:

O dia do nascimento de uma nova família!