fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O seu ebook vai a caminho

12ª Semana de Gravidez

Exercícios de Kegel, Amniocentese e Harmony® Test, sabes o que é? Nesta 12ª semana de gravidez vamos falar destes temas importantes, da tua dieta e de tonturas – o teu sintoma de gravidez novo. Por outro lado, o teu pequeno figo já tem todos os orgãos vitais e sistemas básicos: Bom trabalho mamã!

Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

O meu bebé

  • Idade de gestação 12 semanas

  • Idade Fetal 10 Semanas

  • Comprimento do embrião 5,3 cm (medida da cabeça
    até ao fundo das costas)

  • Gestação 21 dias

  • Peso do embrião 14g (aproximadamente)

  • Tamanho Figo

Na semana 12 o teu bebé chega a uma meta muito importante! Durante as últimas semanas, temos falado muito de quanto ele ou ela se está a esforçar, a formar os seus órgãos vitais e sistemas básicos e, a pouco e pouco, tornar-se num pequenino ser humano. Pois bem, é nesta semana que essa dura tarefa termina. A tua pequena já tem os mesmo órgãos que tu (ou, se for um pequeno, os mesmos órgãos que o papá). Ainda há muito que desenvolver para estarem a funcionar a 100%, mas este é um grande passo para o pequenino ou pequenina. Já sabes que ele ou ela já te ouve, por isso diz-lhe um “Parabéns, continua o bom trabalho!”. Há algo melhor do que as doces palavras de encorajamento da mamã?

Saúde e nutrição

Uma consequência quase inevitável da gravidez é o aumento de peso, mas aconselhamos-te a prestares atenção à tua dieta, para que não ganhes mais do que é “preciso”, principalmente agora que a tua barriguinha começa a ficar mais evidente. Atenção, isto não significa comer menos! O teu bebé precisa de que continues a dar-lhe aquilo que te precisa para continuar a crescer. Tenta antes apostar em fruta e vegetais frescos, proteínas magras e hidratos complexos, em refeições leves e regulares, como te dissemos, e garantindo que recebes todos os nutrientes de que temos vindo a falar semana a semana. Óptimo para o teu pequeno figo, que continua a ter o combustível de que precisa, e para ti, que evitas problemas como dores de costas e tensão arterial elevada.

O meu corpo

Boas notícias! As visitas à WC deverão deixar de ser tão frequentes, à medida que o teu útero faz a viagem desde a parte de baixo da tua pélvis até à zona central do teu abdómen. E não é só: as náuseas, o cansaço, as esquisitices no que toca a comida, as dores de peito, todos estes sintomas vão deixar de te chatear tanto. Um cheirinho do segundo trimestre, que começa na próxima semana. Bem te dissemos que não era tão complicado!

Mas vá, gravidez sem sintomas não é gravidez e nesta 12ª semana apresentamos-te um novo: as tonturas. Mais uma vez, as hormonas da gravidez a fazer das suas, nomeadamente a progesterona, que permite que o teu fluxo sanguíneo aumente e chegue o teu bebé para o manter forte e saudável, mas diminui a quantidade de sangue que volta para ti, nomeadamente para o teu cérebro. Para prevenires estas tonturas, evita estar de pé muito tempo seguido, levantares-te muito rápido e estar muito tempo sem comer. Quando te sentires tonta, senta-te e baixa a cabeça, desaperta qualquer peça de roupa que esteja apertada e respira fundo, até te sentires melhor.

Exercícios de kegel: já os referimos em semanas anteriores mas se ainda não fazem parte do teu dia-a-dia, a 12ª semana é a semana perfeita para começares. Este exercício de contracção e relaxamento repetitivo da pélvis e do períneo vai diminuir a probabilidade de sofreres de incontinência nos próximos meses da gravidez, preparar-te para o momento do parto e aliviar sintomas pós-parto. Não há desculpas: não precisas de estar em nenhum sítio específico ou de usar qualquer tipo de instrumento. Só precisas de te lembrar. E se tens má memória, nada que uns alarmes no teu telemóvel não resolvam. Vais ver que passado um tempo se torna rotina!

O meu dia-a-dia

O teu médico ou médica irá falar-te de dois exames: a amniocentese e o Harmony® Test. E o que são estes exames?

  • Amniocentese: entre a semana 16 e a 20, poderás vir a fazer este exame, que é feito com uma amostra do líquido amniótico, retirada do teu útero. Apesar de poder identificar algum problema de saúde que o teu bebé possa ter, também tem vários riscos associados, como o aborto, a infecção ou o trabalho de parto prematuro. Por segurança, este exame só deve ser feito se:
    • tiveres mais do que 35 anos;
    • houver alguma suspeita de alteração genética no bebé;
    • um dos progenitores tiver um problema genético;
    • tiveres tido um filho com um problema genético.

Ao fazer a colheita de uma quantidade de fluido amniótico do teu útero e das células do feto que o fluido contém, o teu médico ou médica será capaz de identificar várias doenças genéticas como síndrome de Down e Tay-Sachs.

Se escolherem fazer a amniocentese (ou se o médico achar que é o melhor), tem apenas alguns cuidados nos dias a seguir, evita fazer exercício físico muito intenso e ter relações sexuais. E se, nestes dias, tiveres sangramentos vaginais, febre, irritação na zona onde a agulha foi inserida ou dores no abdómen que se prolonguem por horas, liga de imediato ao teu médico ou médica.

  • Harmony® Test: não-invasivo, este teste requer apenas umas amostra do teu sangue e também pode identificar algumas doenças genéticas, assim como o sexo do bebé. Basicamente, o Harmony® Test tenta encontrar fragmentos do ADN do bebé no teu sangue, no sentido de poder dar informações sobre ele. Apesar de ser menos preciso do que uma amniocentese, além de não ser invasivo, este teste poderá identificar malformações genéticas como:
    • Trissomia 21 (Síndrome de Down);
    • Trissomias 13 e 18
    • Síndrome de deleção 22q11.2
    • Síndrome de Turner

12 SEMANAS: ADEUS, PRIMEIRO TRIMESTRE

Há muito te andamos a dizer para aguentares só mais um bocadinho, que o segundo trimestre, aquele mais calminho, já está quase a chegar. Esta é a última semana em que te dizemos isto! O teu bebé passa da fase de formação dos órgãos para a de manutenção e tu passas para a fase de aproveitar enquanto as coisas estão mais tranquilas e os sintomas não são tão desconfortáveis.
Luciana Puzziello
Validado por:

Luciana Puzziello Ginecologista-Obstetra

Catarina Martins
Escrito por:

Catarina Martins Colaboradora da Dra. Cegonha

Carolina Mateus
Escrito por:

Carolina Mateus Colaboradora da Dra. Cegonha

Partilhar