fbpx
Daniela Duarte
Escrito por:

Daniela Duarte Dra. Cegonha | Copywriter

5 perguntas inconvenientes que fazem às grávidas

Queremos que estejas preparada para certas perguntas que costumam fazer às grávidas. Sabemos que as pessoas só o fazem por curiosidade, mas podem colocar-te numa situação desconfortável. Como nesta altura estás mais sensível, fica aqui um manual de respostas possíveis.

1. A gravidez foi planeada?

Quem costuma fazer este tipo de perguntas é quem não é assim tão próximo de ti. Os teus amigos e familiares conhecem a história da tua vida e saberão se foi ou não planeado. Por isso, se é alguém afastado, não te preocupes com o que vai pensar. Se não quiseres responder, muda de assunto e ela vai entender que não devia ter tocado neste assunto.

2. Quantos quilos engordou?

Esta pergunta é tão comum nas grávidas, mas não é nada “bem vista” no dia-a-dia. Não fica bem perguntar a alguém: “quantos quilos engordou”. Sobretudo porque depois da pergunta vem sempre um comentário negativo. Nesta situação, o que deves dizer é: “Não sei. O meu médico está a controlar a gestação e disse-me que está tudo bem. Obrigada!”.

3. Já está de 9 meses? (ou) Está grávida de gémeos, não está?

Este tipo de perguntas vem de quem se assustou ao ver o tamanho da tua barriga. Perante tal situação de indelicadeza, começa por respirar fundo. Depois podes responder que: “todas as grávidas são diferentes, assim como os corpos e as gestações. O mais importante é que o bebé se desenvolva bem e de forma saudável”.

4. Vai querer amamentar?

O tema amamentação é sempre delicado, sobretudo porque não sabemos bem qual a opinião de quem fez a pergunta: se é a favor ou não. A verdade é que não é possível planear a amamentação. A etapa da gravidez ao parto é cheia de mistérios. Nesse sentido, a melhor resposta que podes dar é: “cada coisa a seu tempo”.

5. Admita, preferia que fosse um(a) menino(a), não era?

Até podias idealizar que o bebé fosse de um sexo diferente, mas agora o que mais queres é que venha com saúde e que seja feliz, não é? Por isso, responde isso a quem te fez esta pergunta. Essa sim, é a tua preferência e aquilo que mais importa.