fbpx
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR
NOME
E-MAIL
SEMANA DE GRAVIDEZ
X FECHAR

Obrigado

Enviado com sucesso. O teu ebook vai a caminho

Alexandra Barrela
Escrito por:

Alexandra Barrela Fisioterapeuta

Fisioterapia respiratória pediátrica: o que é e para que serve

A fisioterapia respiratória pode também ser conhecida por cinesioterapia respiratória ou ginástica respiratória.

Este tipo de fisioterapia envolve a aplicação de técnicas mecânicas e é um importante complemento à recuperação de várias doenças como asma, bronquiolite e pneumonia.

Quais são os benefícios da fisioterapia respiratória pediátrica?

As diferentes técnicas utilizadas auxiliam na libertação de secreções, na expansão e ventilação pulmonar, nas alterações da velocidade do fluxo aéreo e a manter as vias aéreas abertas durante a expiração.

Basicamente, o principal objetivo da fisioterapia respiratória nas crianças é facilitar a libertação de secreções, diminuindo a resistência das vias aéreas e tornando a respiração mais fácil.

Preciso de levar o meu filho ao fisioterapeuta ou consigo fazer os exercícios em casa?

O tipo de intervenção para uma criança ou bebé, depende sempre da avaliação realizada pelo fisioterapeuta. Esta avaliação incluí o histórico clínico, antecedentes pessoais e mesmo familiares, evolução do problema, sintomas, sinais vitais, sinais de dificuldade respiratória, presença e características de secreções e auscultação pulmonar.

Por isto, aconselhamos sempre a que seja acompanhado por um profissional com experiência quer esta seja uma consulta domiciliar ou no espaço do profissional. Se procuras um profissional nesta área que te possa ajudar, marca uma avaliação comigo.

Os exercícios da fisioterapia respiratória magoam? O meu filho vai chorar?

A fisioterapia respiratória não provoca qualquer tipo de dor. No entanto, é natural que os bebés ou crianças chorem uma vez que estão doentes, é um profissional desconhecido à criança a fazer exercícios fora da sua zona de conforto, os seus movimentos estão reduzidos durante o tempo da consulta e os pais não estão a ajudar a libertar-se, o que acaba por os assustar.

É importante lembrar que todas as crianças reagem de forma diferente, mas uma coisa que podes fazer para reduzires a componente assustadora desta consulta é tentar explicar da melhor forma que conseguires o que vai acontecer na consulta e para que vai servir: “vamos fazer alguns exercícios para conseguires respirar melhor”. Esta conversa deve ser feita em casa e relembrada pelo profissional no início da consulta.

Que exercícios posso fazer em casa para ajudar a respiração do meu filho?

Apesar de ser necessária a ajuda de um fisioterapeuta para garantir que os exercícios são os mais corretos para o bebé/criança em questão, há certas coisas que podes sempre fazer para ajudar:

  • Garantir que bebem mais água;
  • Elevar a cabeceira da cama cerca de 30º de forma a facilitar a respiração e consequentemente melhorar a qualidade do sono;
  • Limpeza nasal regular

Se ainda tiveres dúvidas, aconselhamos a que marques consulta com um profissional ou nos envies mensagem para tentarmos ajudar.

Partilhar